Google Discovery | Google Talk | Discovery Music | Equipe


terça-feira, outubro 10, 2006

Google desenvolverá nova plataforma de vídeo com compra do YouTube

Por Renê Fraga

De acordo com a Agência Estado os executivos do Google disseram, nesta segunda-feira, que a aquisição do YouTube irá abrir as portas da companhia para o vídeo online, pois oferecerá oportunidades de criar uma nova plataforma de vídeo para a Internet. Fontes da companhia explicaram, durante uma conferência por telefone, que existe inúmeras formas de integrar o YouTube com os sites do próprio Google, ainda que as operações continuem independentes.

O executivo chefe do Google, Eric Schmidt, afirmou que a companhia irá manter o nome YouTube. "Muitas pessoas acreditam que este é apenas o início da revolução de vídeo via internet", disse Schmidt. "O YouTube é um dos muitos investimentos que faremos", completou. O CEO da Google descreve o negócio de US$ 1,65 bilhão como um "passo" no projeto de expansão de serviços de vídeo via internet, cuja demanda está em crescimento, em sua avaliação.

O que chamou a atenção do Google pelo YouTube foi o foco principal do site, voltado ao relacionamento pessoal, segundo o CEO. Muitos dos usuários do YouTube criam seus próprios vídeos e disponibilizam o conteúdo no site. "Acreditamos no valor da marca", afirmou Schmidt. A companhia disse acreditar que o valor da compra foi "muito justo".

O co-fundador do Google, Sergey Brin, avaliou que o negócio trará oportunidades para os anunciantes. "Acredito que o YouTube seja um grande canal para propaganda", disse Brin.

Por outro lado, o Google deve enfrentar problemas de copyright >>

"É um bom movimento para o Google, estrategicamente, à medida que abre a possibilidade de crescer em uma área da Internet em que não está muito grande", disse Steve Neimeth, gerente de portfólio do AIG Sunamerica Asset Management, em Nova Jérsey. Mas Josh Bernoff, vice-presidente da Forrester Research, mostrou certa preocupação em relação aos direitos autorais sobre o conteúdo do YouTube. "Eu ainda quero saber como a questão do 'copyright' será resolvida. Caso isso não seja solucionado, o Google apenas abriu suas portas para um grande processo judicial", opinou.

Marcadores:


Comentários: Postar um comentário



<< Home